Tudo que você precisa saber sobre a nova Amarok: vantagens e desvantagens

Com motor V6 turbodiesel mais potente, a nova versão da Amarok teve suas vendas no Brasil iniciadas em novembro de 2020

Quem aí já estava ansioso para a chegada da Bastante esperada, a VW Amarok 2021?

A nova versão dessa caminhonete tão amada traz novidades em suas versões. O  famoso motor 3.0 V6 turbodiesel é uma das principais mudanças. Com uma nova calibração, ele fica mais potente, subindo dos 225 cv para 258 cv e de 56,1 kgfm para 59,1 kgfm de torque, além de um pacote Black Style como uma opção para a versão Extreme V6.

Também há uma versão da Highline V6 com o 3.0. Do mesmo modo, segue em linha o 2.0 TDI de 180 cv e 42,8 kgfm nas versões Comfortline e Highline, mas agora somente para vendas diretas.

Quer mais detalhes sobre esse lançamento tão aguardado? Continue a leitura:

O que é novidade no motor da Amarok V6?

A nova Amarok chega à velocidade máxima de 190 km/h, a picape faz de 0 a 100 km/h em apenas 7,4 segundos. Seu motor 3.0 V6 TDI é dotado de injeção direta common-rail e turbocompressor de geometria variável. Ele consegue desenvolver  258 cv e 59,1 kgfm de torque, disponíveis entre 1.500 e 2.500 rotações.

Em comparação com o 2.0 TDI biturbo dos modelos Trendline e Highline automáticos, o ganho é de 25% em potência (45 cv) e de 31% no torque (13,3 kgfm).

Porém, a potência extra acabou “salgando” o preço, tornando assim o modelo o mais caro do segmento. O preço inicial para a opção V6 é de R$243.290 para a versão Highline e chega aos R$256.390 para a topo de linha Highline Extreme.

Novidades aparência e multimídia:

A atualização recente incorporou LEDs diurnos, por exemplo, mas quando completa tem faróis bi-xênon, para-choque traseiro cromado, retrovisores cromados ou em preto brilhante, bem como rodas de liga leve aros 18, 19 ou até 20 polegadas.

Do mesmo modo, a versão Black Style vai oferecer santantônio e rodas com o mesmo desenho da Extreme, mas pintados de preto. Além disso, somente a grade e os símbolos da VW na dianteira e na traseira serão cromados. 

Quanto à multimídia, a Volkswagen Amarok 2021 oferece a Discover Media, que tem sistemas do Apple Car Play, Google Android Auto e MirrorLink para aparelhos LG, Samsung e HTC. Na versão Highline, câmera de ré e navegador GPS.

Como principais desvantagens do modelo em comparação aos anteriores e demais 4×4 do mercado podemos listar:

  • Não houve mudanças significativas no painel.
  • O volante, que é semelhante ao do Golf, já poderia ter sido mudado, mas não é de todo ruim.
  • Há apenas uma fonte USB, o que é muito pouco para um carro tão grande.

Volkswagen Amarok 2021 – equipamentos

Versão Highline V6 2021: alerta de pressão dos pneus, ar-condicionado automático de duas zonas, assistente de partida em rampas, banco do motorista com regulagem elétrica. Assim como, há bloqueio eletrônico do diferencial traseiro, câmera de ré, computador de bordo, computador de bordo colorido. Controle automático de descida, controle de tração e estabilidade, direção hidráulica, engate removível

Faróis bixenon com luzes diurnas em LEDs, faróis de neblina, frenagem pós-colisão, iluminação na caçamba, lanternas escurecidas. Piloto automático, protetor de caçamba, retrovisor interno fotocrômico. Do mesmo modo, retrovisores externos com rebatimento elétrico, retrovisores externos cromados.

Rodas de 18″ com pneus 255/60 de uso misto, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro. Sistema multimídia Discover Media com GPS integrado e espelhamento, volante com aletas para trocas de marchas e volante com regulagem de altura e profundidade e acabamento em couro.

OPCIONAIS:

  • Capota marítima e estribo lateral – R$ 2.975
  • Rodas de liga leve de 19 polegadas com pneus 255/55 R19 (estepe de 18 polegadas) – R$ 3.460

Versão Extreme V6 2021: itens acima + estribos laterais planos, interior com colunas e teto em preto. Igualmente, há rodas de 20″ com pneus 255/50, santantonio esportivo com a inscrição Extreme, sensores de luz e chuva e pedaleiras esportivas.

OPCIONAIS:

  • Capota marítima – R$ 1.170
  • Kit Black Style (Pneus 255/50 R20, Capas dos retrovisores externos na cor preto Ninja sem cromado inferior, Grade dianteira em preto brilhante com frisos horizontais inferiores e verticais cromados. Igualmente, há moldura do painel de instrumentos em preto brilhante, para-choque traseiro com estribo integrado e Rodas de liga-leve de 20″) – R$ 1.880

Consumo de combustível: 

Cidade

  • Volkswagen Amarok CD 2.0 TDI AT – 8,9 km/litro no diesel
  • Volkswagen Amarok CD 3.0 TDI AT – 8,2 km/litro no diesel

Estrada

  • Amarok CD 2.0 TDI AT – 9,2 km/litro no diesel
  • Amarok CD 3.0 TDI AT – 8,6 km/litro no diesel

Volkswagen Amarok 2021 – preços

  • Nova Volkswagen Amarok Comfortline CD 2.0 TDI AT 4×4 2021 (apenas venda direta) – não informado
  • Volkswagen Amarok Highline CD 2.0 TDI AT 4×4 2021 (apenas venda direta) – não informado
  • Nova Volkswagen Amarok Highline CD 3.0 V6 TDI AT 4×4 2021 – R$ 243.290
  • Volkswagen Amarok Extreme CD 3.0 V6 TDI AT 4×4 2021 – R$ 256.390

*Preços com base no configurador online da Volkswagen em dezembro de 2020.

Considerações finais

Conforme vimos durante o decorrer do texto, houve mudanças significativas  se comparado ao modelo anterior. Entretanto, alguns itens poderiam ter ganhado mais atenção, como a central multimídia.

Por último, há alguns relatos no Reclame Aqui que apontam problemas na bomba de alta e principalmente no pós-vendas da Volkswagen. Sendo assim, as reclamações são em relação a defeitos e falhas, como troca de pneus na garantia e até mesmo problemas nas pastilhas de freio. 

Gostou do artigo? Siga nosso Instagram para conferir mais dicas como essa.

Precisa de peças para sua caminhonete? Solicite um orçamento sem compromisso para melhorar a performance da sua 4×4. CLIQUE AQUI e fale com um especialista!

Deixe um comentário